Contatos de 4º grau: o marketing viral no mundo cinematográfico deve ter limites?

O Marketing Viral, que faz parte do marketing digital, se refere à técnica de usar mídias e redes sociais pré-existentes para aumentar o reconhecimento de uma marca, através do processo de replicação natural que acontece nestas redes. É uma técnica que vem sendo muito utilizada no mundo cinematográfico ultimamente.

Publicitários vêm usando esse tipo de marketing para promover os filmes e, consequentemente, conquistarem mais público. Eu, por exemplo, já vi vários que deram certo, pois tiveram ideias bem elaboradas e resultaram numa divulgação de grande sucesso para os filmes.

Mas será que o jogo de marketing no mundo dos filmes hollywoodianos tem limite?

Acredito que no caso do filme “Contatos de 4º grau” (The Fourth Kind), responde essa pergunta.

fourth-kind-11

O filme, dirigido por Olatunde Osunsanmi em 2009, gerou muita polêmica antes mesmo de estrear aqui no Brasil no ano de 2010. Ele conta a história “real” da psicóloga Abigail Tyler, que mora na cidade de Nome, no Alasca. Depois da morte misteriosa de seu marido, Abigail começa a gravar sessões de hipnose com três de seus pacientes que relatam passar pelas mesmas histórias: acordam por volta das 3 horas da manhã e observam uma coruja branca em sua janela. Um dos pacientes diz não saber como a coruja entrou em sua casa, outro paciente afirma ver a coruja desde criança e outro afirma que aquilo não é uma coruja. Porém de acordo com que ela vai se aprofundando nos casos, mais ela crê que a morte de seu marido esteja de certa forma ligada aos relatos estranhos de seus pacientes.

contatos-de-4c2ba-grau-2009-1A principio o filme começa com a atriz Milla Jovovich dizendo que irá interpretar a Dra. Abigail Tyler no filme e adverte que “o que vocês estão prestes a ver é extremamente perturbador”, e cabe a nós decidir se acreditamos ou não na história. Ao decorrer da trama há também um jogo de imagens que dividem a tela em dois, mostrando os vídeos “reais” e a filmagem gravada com os atores.

alerta-ovni-contatos-de-4-grau_thumb

A farsa revelada

Segundo o site Adoro Cinema, de acordo com a Universal Pictures, o filme seria baseado nas entrevistas da psicóloga, que relata seus casos e suas experiências com abduções por alienígenas na Cidade de Nome, no Alasca. Entretanto Jan Mays, um funcionário do governo do Alasca, afirmou que não há nenhuma pessoa com este nome licenciada para trabalhar em qualquer função no estado. Já Ron Adler, CEO e diretor do Alaska Psychiatric Institute, e Denise Dillard, presidente da Associação de Psicologia do Alasca, também declararam jamais ter ouvido falar de Abigail Tyler.

Os jornais Alaska Psychiatric Journal e Alaska News Archive descobriram que Abigail foi criada pelos produtores um mês antes do lançamento do filme nos cinemas, incluindo publicação de diversos artigos que jamais foram escritos.

Um site falso foi criado como uma revista médica e registrado em 13 de agosto de 2009. A página fornece uma “biografia” da Dr. Abigail Tyler (http://alaskapsychiatryjournal.org), e que logo depois da descoberta foi retirada do ar.

Podemos também ver que a suporta psicóloga que aparece nos vídeos “reais” é na verdade a atriz Charlotte Milchard.

abigail-tylerSegundo os jornais Fairbanks Daily News-Miner e o Alaska Daily News, cidades do Alasca têm sua parcela de desaparecimentos, porém nenhum está relacionado a casos de abduções alienígenas.

Ainda de acordo com o Adoro Cinema “A Universal Pictures se recusou por muito tempo a debater Contatos de 4º Grau com a imprensa e os habitantes do Alasca. No dia 12 de novembro de 2009, a produtora assumiu que criou notícias e personagens falsos para promover o filme.” O estúdio acabou não sendo processado.

contatos-de-4c2ba-grau_cenas

De fato, vimos que esse marketing viral foi planejado de uma forma totalmente errada e não foi nada ético. É uma pena o filme ser uma farsa, pois é muito bom e tem lá suas cenas de causar medinho.

Confesso que na época que o assisti não sabia desse relato e acabei ficando com bastante medo, juro que cheguei a acreditar em alienígenas mas quando soube dessa farsa, fiquei um pouco decepcionada e pra mim acabou perdendo um pouco do encanto, porque historias como estas, que se dizem reais, me despertam um grande interesse. Mas tirando isso, o filme vale a pena ser assistido e é realmente muito interessante.

Mas e você? Acha que no mundo cinematográfico realmente vale fazer de tudo para promover os filmes?

Confira o trailer:

——————————————-

avatar_carolina_souzaCarolina Souza
contato.carolinasouza@gmail.com

Estudante de jornalismo da FESJF, é fascinada pelo mundo nerd, mas não se considera como uma. Blogueira por experiência, além de ser loucamente apaixonada por filmes, seriados e livros, vive mais dentro de um cinema do que em sua própria casa. Depois de se formar, pretende fazer cinema e sonha em conhecer vários lugares do mundo.

Anúncios

3 opiniões sobre “Contatos de 4º grau: o marketing viral no mundo cinematográfico deve ter limites?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s