Darwinismo… jogável?

Darwin convenceu a comunidade científica da ocorrência da evolução e propôs uma teoria para explicar como ela se dá por meio da seleção natural e sexual. Mas o que ele tem a ver com games? Segundo Will Wright, criador de franquias como The Sims e Sin City e também criador de Spore, tudo.

spore1

Will Wright desde cedo se interessou por games. Um pouco mais velho começou a olhar para eles de uma forma diferente. Passou a acreditar que brinquedos (é assim que ele vê os games) ajudariam a a criança a aprender as coisas por si só, ao invés de só ser ensinada. Ela poderia entender brincando. E assim nasceu Spore.

Spore, tradução esporo, é um elemento unicelular produzido por vegetais inferiores musgos, bactérias, etc. Constituem uma forma de resistência às condições desfavoráveis. Um esporo é uma célula envolvida por uma parede celular que a protege até que as condições sejam favoráveis para sua germinação.

Spore é um jogo educativo de simulação da evolução das espécies e muito divertido. Foi desenvolvido pela Maxis Studios e distribuído pela Eletronic Arts (EA Games), tendo seu lançamento em setembro de 2008 para computadores e iMac.

Spore se baseia nos fundamentos do Darwinismo, um conjunto de movimentos e conceitos, ou seja, ideias de transmutação de espécies, seleção natural e evolução. Darwin disse que os seres vivos que sobrevivem não são os mais fortes mas os que melhor se adaptam às mudanças.

Spore não tem história. O jogo começa com a cena de um meteorito atingindo um planeta. No início do jogo é apresentado diversos planetas e também a opção de customizar um universo inteiro, cada espécie, planeta, tudo que viverá nele. Os estágios iniciais são: célula, criatura, tribal, civilização e galáctico.

Estágio célula: a fase mais fácil e curta do game. O primeiro passo é definir se ela será carnívora ou herbívora. Ao começar o jogador está na poça primordial e seu objetivo é se alimentar, crescer, reproduzir e evoluir. Quando se alimenta, você ganha pontos de DNA e esses pontos podem comprar novas partes para deixar sua célula mais apta para sobreviver. Depois de um determinado número de pontos, pode-se evoluir.

Você pode mexer em tudo na sua célula, inclusive mudar de carnívoro para herbívoro ou onívoro, o que pode ser complicado para o gameplay dependendo de suas escolhas. Essas escolhas são cruciais porque vão definir se sua criatura será agressiva, sociável ou meio termo.

Estágio criatura: nesse estágio você perceberá o impacto de suas escolhas no estágio anterior. Nesse estágio não se muda de tamanho e é obrigado a estar sempre se alimentando para não morrer de fome. Ao evoluir podemos criar nosso bando, que são criaturas que nos seguem e nos ajudam a lutar ou socializar com outras espécies.

Estágio tribal: agora você controla uma tribo de três membros podendo controlar todos ao mesmo tempo ou um específico, e o gameplay fica muito parecido com games de estratégia. Nos alimentamos constantemente através de caça, pesca e domesticando animais. A forma de socialização muda e agora podemos mandar presentes para outras tribos ou fazer apresentações sonoras. Com alimento pode-se expandir a tribo, criando novos membros. Também pode-se construir estruturas como armas para preparar a tribo para a batalha. Algumas vezes os membros da tribo ficam entediados, mal humorados e é preciso entretê-los.

Estágio civilização: Sua nação precisa controlar o maior número de fontes possíveis de recursos, o que irá gerar conflitos com outras nações. Pode-se customizar muito mais coisas do que no estágio anterior, como veículos terrestres, aéreos, náuticos, etc. Há três tipos de nação: a religiosa, a militar e a econômica. Conquistando 10 nações você adquire tecnologia para investir em viagens espaciais e assim se passa ao último nível.

Estágio espacial: o último e mais complexo estágio do jogo. A busca de vida inteligente baseia-se nas pesquisas reais do instituto SET. O projeto SET tem como finalidade tentar captar sinais incomuns do espaço que possam vir de outras formas de vida. O modo de evolução mudou e agora é preciso emblemas que são adquiridos ou conquistados, fazendo missões para você ou para outras nações para se socializar. Nessa fase você controla uma nave e com ela explora planetas e viaja entre eles, entre sistemas, e também procura o centro da galáxia. A nave é casa, arma e transporte. Tudo se faz através dela. Existem 4 estratégias para jogar nessa fase: caçador, imperial, econômica e colecionador de artefatos .

Avaliação do jogo

A ambientação é interessante. O gráfico cartoonizado é de muito bom gosto. A trilha sonora original possui músicas que combinam muito com o game. Spore se trata de assuntos científicos contrapondo os ensinamentos da bíblia, o que gerou uma série de transtornos por alguns fanáticos religiosos, que além de processarem a produtora e alguns país,  proibiam os filhos de jogar. Spore teve média de 8.4 nas reviews mundiais. A maior crítica foi por falta de um enredo. No mais, é um ótimo jogo para aguçar a criatividade. Então, tire o máximo do game e boa gameplay. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s