O mundo mais colorido com papel e lápis!

Quem não foi arrebatado por figuras super coloridas em sua rede social nos últimos dias?

Os livros para colorir para adultos já é a “mais nova onda”, muitos estão se entregando ao novo hobby que promete controlar o estresse.

O livro Jardim Secreto da ilustradora Johanna Basford, rendeu mais de 1 milhão de cópias e já foi traduzido para mais de 14 idiomas por todo o mundo. Em muitas livrarias a procura é tanta, que já é preciso ser encomendando.

A edição original foi produzida em 2013 pela editora Laurence King Publishing Ltda de Londres. A autora lançou a proposta depois de perceber o gosto dos pais ao ajudarem seus filhos nos livros de pintura. Pintando figuras com detalhes, as pessoas se esquecem dos problemas e empenha energia e atenção a arte.

jardim

Entre os livros mais procurados temos os temas: mandalas, artes de Picasso e grandes artistas, bichos, celebridades, e até zumbis.

Preto no Branco

Se por um lado este gênero de livro relaxa alguns leitores,  por outro eles deixaram alguns autores um pouco aborrecidos. O editor-executivo da Record, Carlos Andreazza, é um deles, ao ver as ultimas listagens de livros mais vendidos, o editor comandou uma campanha “Pela Maioridade intelectual” uma vez que um livro de atividades não é considerado livro.

Outras explicação para isso são os também muito procurados “livros interativos” como, por exemplo: o “Destrua este Diário de Keri Smith, “Uma Pagina de Cada Vez” e o recém lançado “Minha Vida Dava um Livro” de Guilherme Cepeda e Larissa Azevedo, criadores da comunidade Burn Book. Que dão ao  publico chances reais de interagir e construir suas próprias expectativas em cada obra.

Verdades e mitos

A psicóloga Mariana Fonseca, faz um parentese sobre a questão e alerta: temos que ter calma quando pensamos em tratar questões de ansiedade e estresses simplesmente com livros, e sem o acompanhamento e tratamento que essas duas enfermidade e suas implicações requerem. Ela acredita que, com a  venda banalizada destes livros as pessoas pensam que seus problemas serão sanados com um simples ato de colorir – percebe-se a necessidade de uma reestruturação cognitiva para o alcance de formas mais eficazes e funcionais de se lidar com as exigências externas ou internas da pessoa sob estresses – explica.

Lidar com livros anti-stress não tem nada a ver com maturidade ou não, cada um procura refugio para sua imaginação em lugares diferentes, só não é saudável dedicar-se exclusivamente a atividades desta forma, uma vez que o refúgio vira esconderijo o que é perigoso para algumas pessoas.

A curto prazo o livro se destina mesmo a um exercício de relaxamento e descontração e diante de um evento de pensamento instrutivo a riqueza de detalhes faz que as pessoas esqueçam dos problemas, mas a profissional salienta – o acompanhamento de um especialista se faz necessário a todos que apresentam sintomas de estresse e ansiedade.

A verdade é que todos queremos uma interação com nossa criatividade. Eu ainda não testei nenhum destes métodos para relaxar e controlar a ansiedade, mas admito que é válido buscar novas chances, dar ao luxo de relaxar e aproveitar momentos simples sem custos exorbitantes. Mas se descontração não for o seu objetivo final, a procura de profissionais capacitados é mais indicado.

E você, Já é adepto aos livros de colorir ? Deixe sua opinião ou mande o seu desenho nos comentários, ou no nosso Facebook!

Anúncios

2 opiniões sobre “O mundo mais colorido com papel e lápis!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s