O que esperar do VMA este ano?

Mtv-vma-2015-logo

Um clique, dois cliques, um bilhão de cliques no site oficial da MTV para definir quem levará o “Moon Man”, prêmio símbolo do Music Video Awards (VMA), uma das premiações da música mais assistidas desde os anos 80, quando foi lançada. Uma forma de premiar quem produziu os melhores videoclipes do ano, além de homenagear cantores que mudaram a indústria fonográfica com suas performances nos vídeos. A festa desse ano acontece neste domingo, 30, em Los Angeles, e terá anfitriã a rainha do “twerk” e dos seios de fora, Miley Cyrus. Continuar lendo O que esperar do VMA este ano?

Supernatural e Once Upon a Time: o que as séries têm em comum

O que Supernatual e Once Upon a Time mais têm em comum é que os personagens principais  estão sempre lutando para salvar suas famílias e o mundo. Mas não é só isso! Supernatural (SPN) e Once Upon a Time (OUAT) têm outras coisas em comum. Vamos ver alguns pontos que convergem entre as séries.

1º A Família: como havia dito antes, a família é um ponto forte nas duas histórias. Começando por Supernatural, o primeiro episódio da série mostra Dean indo atrás do irmão Sam para que juntos encontrem John Winchester, o pai dos dois. Após uma série de eventos Sam, que antes relutava em voltar à vida de caçador e à sua família, volta a ativa com o irmão. Continuar lendo Supernatural e Once Upon a Time: o que as séries têm em comum

Treinar o inglês vai ficar mais divertido. Let’s go!

Aprender inglês atualmente está muito mais fácil! Além do curso tradicional, que está se adequando às novas tecnologias, também temos aplicativos e sites. Dessa vez irei indicar dois sites bem legais que a coordenadora pedagógica da escola de idiomas CNA Juiz de Fora, Angélica Joppert (Angel), recomendou. Vamos lá?

read-listen-learn-happy-english-

Continuar lendo Treinar o inglês vai ficar mais divertido. Let’s go!

Determinar o assunto de um post é uma #arte

Normalmente, quantas vezes você utiliza o caráter especial “#” nas redes sociais digitais? Imagino que pelo menos uma vez por dia você posta uma foto, uma frase ou um link com uma hashtag em seguida. Para muitos esse comportamento já é uma rotina, mas será que a aplicabilidade destes “assuntos” é empregado de forma correta?

Vamos começar a nossa conversa com uma pergunta: qual é a real função do “#” em um texto da internet? Se a sua resposta for:  “deixar o conteúdo mais bonito”, você acaba de perder uma amizade – estou falando sério! – Mas caso você tenha cogitado a resposta: “essa é fácil! A função é tornar o conteúdo “buscável” em meio a uma gama de informações indexadas na internet!” posso considera-lo meu amigo de infância! – só que não. Bem, um sinônimo bem próximo em português que podemos substituir o caráter “#” é o bom e velho: assunto.

Games, tecnologia, filmes, séries, música eletrônica, animes, mangás e etc. Todas essas palavras são potenciais assuntos buscáveis na internet, certo? Agora, imagine um assunto chamado: “hojeodiavaiserdemais” ou “aniversáriodalucinhahojeatarde” e até “essasemanafoiumaporcariameudeusdoceu”? Acho improvável que alguma pessoa deste universo – ou de qualquer universo desconhecido pelo homem – iria buscar um assunto como os descritos anteriormente.

É importante ter um bom senso na hora de indexar um assunto em uma postagem na internet, porque é através dele que novos usuários irão descobrir o conteúdo que publica normalmente. Irei listar três exemplos das “#’s” que se comportam de forma completamente diferente na rede:

Facebook_logo_(square)

Facebook

“Amado por vários e temido pelos sábios”. Devido ao seu algorítimo mirabolante, se você não puder tirar alguns trocados do seu bolso para impulsionar o conteúdo da página, provavelmente a sua empresa, negócio ou organização nunca será vista pela massa “populacional” de mais de 1 bilhão de usuários que povoam a rede social em todas as partes do planeta. E, sinceramente, #’s não alcançam leitores de forma efetiva na rede social de Mark Zutemberg. Arrisco dizer que apenas 10% das pessoas que foram alcançadas organicamente são capazes de ver os assuntos “lançados” por uma página na rede social.

Twitter_logo

Twitter

Um dos microblogs mais conhecidos da face da Terra, o Twitter é um dos percursores no uso da @’s (se diz ats, do inglês) para a indexação de perfis e #’s (hashs) para a indexação de assuntos na rede mundial de computadores. Provavelmente o uso dos “assuntos” na rede social é o mais propenso para engajamentos do público, segue a mesma lógica do Facebook e outras redes: “menos é mais”. Se você puder variar o número de tags ao invés de incluí-las em uma única, não pense duas vezes, “do it!” – faça isto!.

instagram-logo

Instagram

Queridinho pelos amantes de fotografia, o Instagram é a melhor rede social fotográfica do planeta. Hoje parte do Facebook, o “Insta” é um outro exemplo de um bom “condutor” de assuntos na internet. Faça a experiência: compartilhe uma foto sem uma “#” e outra com. O número de pessoas “curtindo” a foto que compartilhou é expressivamente maior se vinculado com uma tag simples (#tbt é um bom exemplo). Em segundos, uma pessoa – que provavelmente está esperando um ônibus, um amigo, ou para ser atendido pelo médio – irá curtir a foto que acabou de fazer o upload.

É isso querido leitor, na próxima vez que for compartilhar um conteúdo na #internet, não se esqueça das #dicas que acabei de lhe dar. E lembre-se! “Menos é mais” no mundo das #tags.

TOP 10: Jogos de SNES que todo mundo já jogou

Quem foi criança (adolescente e adulto nerd também conta) nos anos 90, sabe muito bem a emoção de ter um Super Nintendo em casa. Era o vídeo game que unia ainda mais o pai com os filhos (o meu caso) ou que gerava amizade com as pessoas da escola que sabiam “password”, ou conseguiam passar daquela fase super difícil na qual você já tinha tentado de tudo. Mas também gerava altas tretas nos joguinhos de luta e corrida.

tumblr_mdml62BN3M1rk2cbfo1_500

Continuar lendo TOP 10: Jogos de SNES que todo mundo já jogou

De Fanfic a livro: fãs de Soul Rebel irão se surpreender

Já pensou se sua fanfic, que escreve por hobbie, se torna um fenômeno na web? Foi o que aconteceu com Kimberly Mascarenhas, 20. Soul Rebel começou a ser escrita em 2011, por pura diversão. “Eu achava divertido ler fanfics, então decidi criar a minha, mas nunca planejei nada. Tudo aconteceu por acaso”, ela conta, em meados de 2014, quando a entrevistei para escrever um artigo científico sobre esse fenômeno entre os fãs.

fanfic-soul-rebel
Continuar lendo De Fanfic a livro: fãs de Soul Rebel irão se surpreender

Gincana Solidária reúne fãs e arrecada doações

No domingo, 02 de agosto, aconteceu a 1º Gincana Solidária, realizada pelo projeto Criativa Idade em parceria com o JF Sagas, no campus da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Compareceram ao evento cerca de 30 fãs de sagas (mais uns agregados que chegaram depois e outros que foram recrutados).

Para participar da gincana, os interessados deveriam contribuir com alguns dos itens solicitados pela equipe do projeto. Foram arrecadados 11kg de alimento não perecível, 2 litros de leite, 32 livros e roupas, sendo que o último item ainda não foi contato até o momento desta publicação. Os itens arrecadados serão destinados à uma instituição carente.

A responsável pela organização da gincana Continuar lendo Gincana Solidária reúne fãs e arrecada doações

Se você é apaixonado (a) pelo Google, acompanhe esta série “right now!”

Carros guiados por computadores, balões de hélio que levam o acesso a internet a lugares humildes, um aplicativo capaz de traduzir quase todas as línguas faladas pela humanidade. Parecem projetos de filmes de ficção científica, mas são tão reais quanto a voz que ecoa na sua mente durante a leitura deste texto.

googlex_logo Continuar lendo Se você é apaixonado (a) pelo Google, acompanhe esta série “right now!”