[SPOILER ALERT!] Motivos para considerar Kylo Ren como o melhor “vilão”de Star Wars

Seguindo um enredo heroico, o sétimo episódio da saga Star Wars está sendo considerado como um dos melhores. Para quem já assistiu ao longa – e acompanha a narrativa há algum tempo – percebeu que o diretor de The Force Awakens não só bebeu da fonte dos antigos episódios dirigidos por George Lucas, mas também mergulhou de cabeça no roteiro “original” – se é que me entende.

Dentre as personalidades apresentadas neste episódio VII, gostaria de destacar o novo “vilão” da trilogia: Kylo Ren. Filho de Han Solo e Leia Organa – portanto neto de Anakin e sobrinho de Luke Skywalker – o Jedi sombrio tem como nome de batismo, Ben Solo. Nomeado como um dos líderes do extinto Império Galático e atual Primeira Ordem, Kylo é aprendiz do Lorde Sith Snoke e responsável por desequilibrar a balança à favor do lado negro – irei explicar o porquê a diante.

Ao longo de The Force Awakens os fãs puderam notar alguns dos traços da personalidade forte de Ben: falta de controle emocional, ataques de raiva, egocentrismo, além de ser mimado e prematuro.

Críticas pejorativas à parte, o exercício deste texto é tentar mostrar para os fãs de SW os motivos pelos quais Kylo Ren pode ser considerado – ou poderá ser – como um dos mais temidos Jedi sombrios pertencentes à saga de Star War. Uma observação: neste texto procuro abordar apenas o universo cinematográfico da saga, desconsiderando, portanto, o expandido (livros, quadrinhos, jogos e etc).

De início vou tentar reconstruir o Jedi sombrio a partir dos dos seus antecessores. Irei respeitar a ordem cronológica da saga, ou seja, ep. I, II, III e etc:

Maul_Hasbro
Detalhe para o sabre de luz duplo e para a feição do rosto.

Episódio I – The Phantom Menace (1999): temos um Jedi sombrio e um Sith que irá perpetuar em quase todos os episódios: Darth Maul e Darth Sidious (senador Palpatine), respectivamente. Em tese Maul deve ser considerado mais como um assassino do que como um Jedi sombrio. Aprendiz de Sidious, o zabrak contrariou a Regra dos Dois – lei dos sith que determina a proibição do uso do termo “Darth” antes do nome e obriga a existência de apenas um mestre e um aprendiz a cada ciclo Sith – pois na época Palpatine era treinado por Darth Plagueis (portanto: um mestre e um aprendiz) e ao mesmo tempo treinava, clandestinamente, porém com o apoio de Plagueis, Darth Maul em Mustafar.

Maul tem toda uma estética típica de um Jedi sombrio: vestimenta preta, um sabre de luz com feixe de energia vermelho (duplo) e uma feição de colocar medo em qualquer padawan. Responsável pela morte de Quin-Gon Jinn, mestre de Obi-Wan Kenobi, Maul foi aparente morto após uma batalha intensa com Kenobi, porém sabe-se que o assassino sombrio sobreviveu ao ataque devido a sua resistência corporal. Adotando um maquinário semelhante à uma aranha ao invés das pernas (que foram decepadas), Maul continuou a servir seu mestre, Sidious, ao longo das Guerras Clônicas.

Palpatine_e_plagueis
Darth Sidius treinando com o seu mestre Plagueis

Darth Sidious – o último chanceler da República e o primeiro imperador do Império Galático – é respeitado por ser um dos lordes sith mais poderosos da saga de Star Wars (considerando, inclusive, o universo expandido). Responsável por treinar Maul, Conde Dookan e Anakin Skywalker, Palpatine tinha um domínio profundo do lado negro da força. Hábil no uso de relâmpagos, Sidious também controlava o poder da levitação, leitura mental e a previsão do futuro.

Sua aparência frágil escondia toda a sua capacidade política, filosófica e psicológica. Normalmente com vestimentas nobres – por ser parte da aristocracia – Palpatine também é conhecido pela sua típica túnica preta. Devido ao uso constante da força, seu rosto envelheceu com velocidade, revelando, assim, a sua verdadeira identidade: Darth Sidious.

star-wars-episode-ii-attack-of-the-clones8
Detalhe para o punho do sabre de luz de Dookan.

Episódio II – Attack of the ClonesNo Ataque dos Clones a prevalência da Regra dos Dois é mantida. Nos filmes a sobrevivência de Maul é encoberta para dar mais importância ao mestre Jedi Dookan. Seduzido pelo lado negro da força – através da influência política de Palpatine – Darth Tyranus, foi considerado como um dos jedi mais habilidosos no uso do sabre de luz. Liderando o movimento Separatista, Dookan forçou uma guerra intergalática contra a República na tentativa de trazer os Sith ao poder.

Tyranus também usava vestimentas nobres por ser de uma família aristocrática. Seu sabre de luz possui uma envergadura elegante no local dos punhos, provavelmente, para facilitar os movimentos de esgrima. Dookan usava uma capa sustentada por uma corrente no peitoral. Com uma aparência mais velha – e até amigável – Tyranus pode ser considerado como o Jedi sombrio com o menor impacto estético.

cinemagraphs-darth-vader

Episódio III – The Revenge of Sith: É neste episódio que nasce um dos Sith mais temidos de toda a saga de Star Wars: Darth Vader. Anakin Skywalker foi seduzido pelo lado negro da força através da influência de Sidious. Palpatine prometeu a ressurreição de sua amada, Padmé Amidala, após ela ter sido atacada pelo seu próprio marido. Após levar o conselho Jedi à falência (com a ajuda da ordem número 66 de Palpatine), a relevante batalha de Mustafar, entre Anakin e Obi-Wan, levou Ani à derrota pelo seu mestre Jedi, infortúnio que comprometeu mais de 70% do seu corpo. Na tentativa de manter o aprendiz vivo, Sidious transformou o que sobrou da parte carnal de Anakin em uma verdadeira armadura metálica: nasce Lorde Vader.

Ao longo dos episódios IV, V e VI, Vader se mostrou peça primordial na conquista da galáxia pelo Império. Aprendiz e braço direito de Sidious, Anakin Skywalker foi responsável por massacrar diversos rebeldes tanto no ar quanto em terra. A prova final de sua força foi derrotar o seu próprio mestre: sem uma das mãos Ani arremessou Palpatine em um duto de energia da segunda Estrela da Morte. Já no lado da luz, Vader se redime e abandona o lado negro para se juntar ao seu mestre, Obi-Wan Kenobi, e Yoda no “plano espiritual”.

star-wars-episode-vii-trailer-darth-vader-helmet.png
Máscara desfigurada de Darth Vader (cena onde Kylo busca energias para continuar a sua jornada rumo ao lado negro da força)

Não é necessário descrever a parte imagética de sua armadura, sendo uma das estéticas mais reproduzidas por nerds/geeks em todo o mundo. Porém vale destacar o motivo pelo qual a máscara de Vader ter sido encontrada desconfigurada no episódio VII: em uma das últimas cenas do episódio VI,  Luke Skywalker cremou o restos mortais de seu pai. Neste momento do longa é revelado que o cadáver de Anakin ainda usava a simbólica armadura durante o rito de passagem, justificando, assim, a avalia do capacete.

kylo_ren_by_jeremy_peterson_25-d8tudzk

Episódio VII – The Force Awaken: Kylo Ren. Filho de Han Solo e Leia Organa, sobrinho de Luke Skywalker e neto de Anakin. O “vilão” do último episódio dirigido por J. J. Abrams está dividindo opiniões de muitos fãs: uns dizem que é um mimado, desequilibrado e uma vergonha para o lado negro da força. Outros são mais brandos dizendo que ele é apenas um aprendiz com problemas emocionais. A minha opinião é centralizada nos dois pontos: de fato ele é um Jedi sombrio problemático, mimado e egoísta, por outro lado, é um aprendiz que possui uma potencialidade absurda com a força.

Pode-se perceber que Kylo possui uma adoração profunda pelo seu avô. Respeito comprovado nos momentos de crise do aprendiz Sith. A reverência ao seu antepassado é tão forte, que Ben guardou a máscara desfigurada de Vader para que, ao meu ver, ele possa relembrar dos feitos de Anakin.

Nothing will stand in our way. I will finish what you started.

– Kylo Ren

Após contextualizar a cronologia do lado negro da força nos filmes, vou me ater a defender os 5 motivos pelos quais Kylo Ren deve ser considerado como um dos melhores vilões da Saga de Star Wars:

  1. Herança de midi-chlorians: Anakin no episódio I foi diagnosticado com uma proporção de células midi-chlorianas acima do normal (até mesmo para Yoda) – considerado como um dos mestres Jedi mais poderosos de toda a galáxia. Portanto, as chances de Ben ter herdado essa proporção é muito grande. Ou seja: seu poder com a força é muito maior do que mostrado no filme;
  2. Treinamento Jedi: Kylo foi aprendiz de seu tio, o último Jedi vivo após as Guerras Clônicas e responsável por restituir a Ordem Jedi (a pedido de Yoda). Mesmo Luke não tendo terminado o seu treinamento, ele pode ser considerado como um dos mestres com o maior domínio da força desde a morte de Yoda. Kylo Ren liderou um motim junto com seus colegas padawans, sob a influência do Líder Supremo Snoke, ato que entristeceu Luke obrigando-o a abandonar o treinamento de novos padawans e se exilando em um planeta distante (tornando, novamente, a balança desfavorável para os Jedi). Os membros desta revolta constituiu uma ordem chama de Cavaleiros de Ren (nome que apelida Kylo). Além da provável herança de midi-chloians, Ben é tão influente quanto os seus antepassados Sith –  e perverso: já que ele foi responsável por matar seu próprio pai;
  3. Domínio do lado negro força: Vamos ao exercício: puxem pela memória qualquer Jedi sombrio, ou Sith, que foi capaz de parar um tiro de blaster em pleno ar? Sem a necessidade de gestos e executando outras tarefas ao mesmo tempo? Provavelmente não conseguirá lembrar, pois a primeira vez que esta ação foi mostrada foi no episódio VII. Além da força telecinética, Ben é capaz de ler a mente das pessoas ao ponto de buscar as lembranças mais profundas. Em nenhuma cena da saga, Darth Vader foi capaz de ler mentes, apenas sentir a presença e comunicar com o seu filho através da telepatia. Não está convencido (a)? Ben Solo é capaz de não só levitar o corpo de inimigos mas controlar seus músculos ao ponto de distorce-los. Por último vale lembrar que Kylo é apenas um aprendiz;
  4. Habilidade com a esgrima: o sabre de luz – que está mais para uma espada de duas mãos – é o símbolo do poder de Kylo Ren. Feito artesanalmente – assim como Darth Maul e Luke Skywalker fizeram – pode-se perceber que a necessidade do uso de força para maneja-la deve ser considerável. Com um feixe de energia não estável, a arma pode ser facilmente comparada com as armas desenvolvidas rusticamente. Apenas com uma mão, Kylo foi capaz de duelar com Rey mesmo com feridas em seu corpo, levando assim, ao nosso último ponto: resistência física;
  5. O poder corporal: Seguindo a lógica: Ben Solo foi atingido na altura do baço por um tiro da besta laser de Chewbacca, Rey e Finn acertam diversos golpes em seu ombro, por fim metade de sua face e parte do seu peito é queimado com um golpe de misericórdia. Resultado: sobrevivência após ser almejado de diversas formas. Alguma semelhança? Sim! Darth Vader. Além dos midi-chlorians, habilidade com o lado negro da força  e esgrima, tudo indica que Kylo Ren herdou a resistência  corporal de seu avô. Observando a sua vestimenta, o Jedi sombrio não utiliza nenhum equipamento de proteção. Seu capacete – que é muito mais interessante esteticamente (e funcionalmente) do que a de Vader –  é tão pesado, mas tão pesado, que nas duas cenas que Ben o deixa, o chão se estremece.

Ao final destas hipóteses, fica claro que nos próximos episódios de Star Wars Kylo Ren irá provar pelo que veio. Provavelmente vamos compreender melhor a sua história, além de desvendar o restante do treinamento Sith que irá receber de Snoke.

Para encerrar, fiz este texto pois sou obrigado a defender o personagem. Motivo? Me identifiquei com as suas atitudes de raiva, ignorância e egoísmo. A primeira cena que Ben questiona a localização do mapa com um dos almirantes da Primeira Ordem – atitude que o deixou tão irritado  mas tão irritado, que ele destrói todo o painel à sua frente. Esta cena me fez lembrar de todos os excessos de raiva que eu tive, tenho e vou ter para o resto da minha vida (risos).

Gostaram, concordaram ou discordaram dos pontos deste texto? Comentem, critiquem, opinem.

Anúncios

8 opiniões sobre “[SPOILER ALERT!] Motivos para considerar Kylo Ren como o melhor “vilão”de Star Wars”

  1. Eu amei o filme, me vi novamente sendo uma adolescente, emocionada por ver Ham Solo e a princesa Leia atuando juntos. Quanto às atitudes de Ren Kilo, vejo nele um lado humano, até entregar-se totalmente ao lado sombrio, e o memento que marca essa passagem é justamente quando ele pede ajuda a seu pai para fazer o que sabe que é certo e o mata a sangue frio. A partir daí Kilo está pronto para terminar seu treinamento e defender a Primeira Ordem. Agora o jeito é esperar (ansiosamente) a continuação da saga.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá João, tudo bem? Se eu compreendi bem a sua pergunta… Finn enfrenta (encara) Kylo Ren da mesma forma que Rey. A diferença foi a forma com que cada um foi “convocado” para a batalha. Finn lutou pela defesa de Rey, e Rey duelou por sobrevivência. A luta que provocou a derrota FN-2187 e Ben Solo foi simbólica. Finn, como bem disse, não tinha preparo nem manejo com sabre, assim como Rey, porém – alimentada pela cede de vingança – a vantagem da padawan era notável, devida sua aproximação com a Força (que já era presente desde o primeiro contato com um sabre de luz).

      Curtir

      1. Rey não é uma Padawan, pois a Ordem Jedi esta extinta na Galáxia, existe apenas o último Jedi, não uma Ordem Jedi, portanto Rey é apenas o ser na qual a Força despertou nela, e não alguém que esta recebendo treinamento Jedi (pelo menos no Episodio 7, creio que Luke treinará ela no Episodio 8)

        Curtir

  2. Não pode ser considerado um vilão grandioso, nem creio que possa se tornar um. Essa raiva liberada contra moveis só demonstra a incapacidade de controle do individuo, seria como utilizar o bullet time numa sala cheia e atirar nas paredes. Todos os sith que já apareceram incluindo os do universo expandido, quando em momentos de raiva, aumentaram suas capacidades de luta e inteligencia por que agiram de forma objetiva. Kylo só demonstrou um aumento de resistência, depois de ter trabalho pra enfrentar um ex trooper sem treinamento Jedi e levar uma sova de uma guria que também não tinha treinamento. Com sua arvore genealógica e com o treinamento que recebeu desde pequeno ele deveria fazer frente ao próprio Luke (também os dois sith, Kylo e seu mestre parecem estar morrendo de medo dele, demonstram não ter certeza de suas habilidades para derrota-lo como o imperador e Darth Vader tinham). Também ha o fato de que enquanto torturava a Rey ele teve os pensamentos invadidos, mesmo ela não tendo conhecimento nenhum do uso da força. Confesso que a cena da ponte foi impressionante, foi a quinta vez na minha vida que pulei da cadeira de susto assistindo um filme, embora soubesse desde o momento em que ele tirou a mascara que desta vez a sorte de Solo falharia ( espero que não tenha sido só para alavancar audiência) mas se Luke tivesse falhado ou dado um passo errado na ultima luta, Vader o teria partido em dois sem ressentimento.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Bom, vamos por partes. Olá Muller! Legal a sua perspectiva do Kylo Ren. Vai de encontro com a opinião de muitos fãs da saga. O meu posicionamento é oposto devido à minha identificação com o personagem. Meu temperamento é muito semelhante ao de Ben Solo e nas cenas de ataque de raiva eu “me vi” em todos os sentidos. Observações pessoais a parte, Kylo é um aprendiz no lado negro da força. Assim como Rey é uma padawan do lado luminoso. Porém a forma com que cada um lida com os acontecimentos (fortes por sinal) resulta em uma consequência nas batalhas ao logo do longa. Imagine: você está em treinamento rigoroso durante anos. Seu mestre o convoca para uma das missões mais importantes e marcantes da sua vida: matar o seu próprio pai. Por ter sido aprendiz de jedi, o seu lado luminoso ainda pulsa em suas veias. Na primeira batalha, com Finn, Kylo está amargurado e confuso devido a sua escolha pelo lado sombrio (lembra da “conversa” com o capacete de Anni?). No mais, Rey foge da Starkiller, resultando em mais um excesso de raiva. Eu precisaria de assistir mais uma vez o filme para trazer mais detalhes da batalha, mas, como em qualquer duelo, as duas partes saem avariadas – guarde esta parte. Segunda batalha, com Rey, Kylo está amargurado pela morte de seu pai. Ao mesmo tempo contente por ter tido energia o suficiente para completar mais uma fase do seu treinamento. Ferido pela besta de Chewbacca, Ben duela com Rey que está em vantagem física e mental. Alimentada pela raiva, e com a força emanando através dos midiclorians, acerta não uma, mas duas vezes no ombro de Kylo Ren. Exausto, ferido e confuso, Kylo sai em desvantagem da batalha. É literalmente salvo pela falha tectônica causada pelo ataque ao planeta pelo Esquadrão Rouge. Lider Supremo Snoke, muito antes, reconhece que é necessário finalizar o treinamento de Ben, o resultado desta “falha” é materializada pela falha com Rey. Acredito sim que Kylo é capaz de se tornar um dos vilões mais temidos da saga, já que ele irá terminar o treinamento com Snoke e foi capaz de corromper todos os aprendizes de Luke para lutar a favor da Primeira Ordem. Uma coisa já temos certeza: Kylo é impulsivo, persuasivo e herdeiro de uma força inquestionável. Vamos aguardar o episódio VIII para mais detalhes. Um abraço.

    Curtir

  4. Amigo, ficou até legal o seu post, mas há algumas informações erradas, por exemplo: Kylo Ren e Lider Supremo Snoke não são Sith, eles apenas utilizam o Lado Sombrio da Força, a Ordem dos Sith foi extinta quando Darth Vader matou Darth Sidious, logo em seguida Darth Vader morreu, portanto ele cumpriu com a profecia de que iria destruir os Sith e trazer o equilibrio da Força, pode até ser que o Snoke seja o Sith que treinou Palpatine, mas por enquanto, os Sith foram extintos, e também é um erro chama-los de Jedi Negro, portanto que fique claro que Kylo Ren não é um Sith, ele é Mestre dos Cavaleiros de Ren, em nenhum momento do Episodio 7 você vê ele sendo tratado como Aprendiz Sith.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s