Arquivo da tag: geek

DIY: Luminária Star Wars

Para quem, assim como eu, está super ansioso para a estréia do sétimo filme da saga “Star Wars” (muito, muito, muito), fiz mais um tutorial inspirado nessa guerra épica. Para quem ainda não viu, no meio desse ano eu fiz uma caixa cheia de coisas do filme e ensinei a fazer tudinho que tem nela, dá uma conferida aqui.

Então vamos ao passo a passo da nossa luminária super fácil, barata e ainda da uma vida para o quarto! Continuar lendo DIY: Luminária Star Wars

DIY: Caixa Surpresa Star Wars

No último dia dos namorados eu fiz uma surpresa geek para o meu amor. E como o dia anterior também era nosso aniversário de namoro, eu quis fazer uma coisa mais especial. Então fiz essa caixa abaixo aí com várias coisinhas do filme e eu vou mostrar como fazer tudinho.

Caixa Star Wars  sala313.com

Continuar lendo DIY: Caixa Surpresa Star Wars

Melhores games Retro-Style (8Bits) atuais

Estamos em uma geração onde as placas de vídeo e processadores são super velozes. Alguns títulos investem toda a proposta na aparência impecável de uma maior densidade de pixels por polegada, mas esquecem a essência da boa jogabilidade e bom conteúdo de enredo e história. Então, para provar que o que um bom jogo precisa de muito além dos frames per second, lanço uma pequena lista dos títulos inspirados em gerações anteriores mais divertidos do mercado. pilgrim87 Scott Pilgrim Vs. The World: The Game

O game é um divertido Beat’em Up baseado em uma Graphic Novel canadense do autor Bryan Lee O’Malley. É contada a história de Scott Pilgrim, um rapaz que se apaixona por Ramona Flowers, mas, para poder namorar, ele tem que derrotar os 7 ex-namorados do mal dela. Ao começar a jogo você tem a opção de escolher entre 4 personagens (Scott, Stephen, Kim ou Ramona), mas existem outros personagens destraváveis como recompensa ao concluir o jogo. Inspirado em RPGs, o seu personagem aumenta o nível ao longo do jogo e desbloqueia maiores barras de vida, energia, maior dano por ataque e novos golpes. Infelizmente, o game está disponível apenas para PSN (PlayStation Network) XBLA (Xbox Live Arcade), que é uma pena para usuários de PC e outras plataformas de video-game. 250562-organ Organ Trail

Um Survival Horror inspirado no clássico de DOS para PC The Oregon Trail. O game se passa num cenário apocalíptico de uma infestação zumbi nos Estados Unidos. Você é protagonista e, com um grupo de amigos, tem que cruzar o país de uma ponta a outra, enfrentando ladrões, zumbis e a constante falta de suprimentos. Você pode escolher entres 4 níveis distintos de dificuldade. Além de poder alternar entre o modo campanha e modo sem fim (para testar suas habilidades e desbloquear recompensas). Nas cidades se pode fazer trabalhos para conseguir dinheiro e suprimentos e também há um modo em quem você pode vasculhar as redondezas em busca de suprimentos, mas tem que enfrentar os zumbis e, às vezes, alguns chefões. O game está disponível para PC(Steam e site oficial), Android, iOS e, pasmem, também para Facebook. maxresdefault 7Days

Se você não tem medo de levar uns bons sustos e divertidos momentos de adrenalina e terror, eis uma ótima escolha. O game de Survival Horror independente é pra quem gosta de um bom desafio psicológico e uma história envolvente. Ele é bem curto, mas não poupa seu jogador de ter experiências intensas ao melhor estilo 8-bits.

Disponível gratuitamente apenas para PC no site gamejolt.com. Retro_City_Rampage Retro City Rampage

Um bom e velho estilo roube carros, mate civis e faça missões mirabolantes bastante inspirado nos clássicos de Grand Theft Auto. Retro City Rampage é um game de ação 8-bits que trás uma agradável sensação de nostalgia recheada de referências à títulos de games famosos como Metal Gear Solid, Super Mario World, Teenage Ninja Mutant Turtles, Sonic entre outros. Você está na pele de Player, um fanfarrão criminoso que por acidente acaba voltando ao passado e tendo que cumprir missões para outros criminosos e roubar peças para consertar a máquina do tempo (um carro que aparenta ser o mesmo do filme De Volta Para O Futuro) e voltar ao futuro. O personagem é customizável e há mini-games nas “casas de fliperama” da cidade.

O game está disponível para PC (Por Steam ou site oficial), PlayStation (PS4, PS3, PSVita e PSTV), XBox 360, Nintendo 3DS e WiiWare (Wii ou Wii U no modo Wii). meu_fanart_lindo_totoso_by_tfantoni-d6a6r46 Hotline Miami

Em resgate ou estilo retrô de visão zenital, ou seja, em um ângulo de 90° graus (popularmente “vista de cima”) com o cenário e personagens, o Hotline Miami é um jogo bastante violente e intenso. Estranhas missões são recebidas por telefone pelo protagonista que usa máscaras de animais para encarar aventurars sombrias por casas, bares e boates em que tem que matar criminosos russos. A cada nível, você recebe diferentes tipos de máscaras que fornecem algum tipo de recompensa, como começar o jogo portando uma faca, resistir a dois tiros, ter um campo de visão maior, etc. Um placar ao final de cada fase determina a qualidade de seus movimentos durante a jogatina. A trilha sonora é bem feita e há diversos tipos de modos de matar o inimigo, seja com facas, espadas ninja, escopetas, metralhadoras, bastões de beisebol, etc.

O game está disponível para PC (Steam e GOG), PS3, PS4 e PSVita.

Planejando as férias no modo “Like a Boss”

Férias! O melhor período do ano para “colocar os pés para o alto”. Muitas pessoas utilizam o tempo livre para fazer coisas diferentes ou inacabadas: fechar um jogo de videogame, terminar de ler um livro, tirar o atraso do sono e etc. No meu caso,  como um bom nerd, aproveito as férias para ganhar alguns níveis e terminar algumas quests em um jogo MMORPG. Nestas, eu estou jogando o MMO Aion. Visual legal, jogabilidade agradável e uma comunidade neutra (sem trolls).

Mas… e no caso das pessoas que não tem o costume de ficar em casa na frente do computador ou do videogame? Ou aquelas que gostam mas nestas férias “aderiram ao programa” de se “desligar” da tela do PC ou do celular? Na minha opinião, neste caso, a maioria opta por “seguir estrada a fora” ao invés de ficar “enfurnado” em casa, seja na sua própria cidade, em outro Estado ou em outro país.

Hoje em dia, são variados os meios para programar a sua viajem. Alguns preferem largar toda a responsabilidade nas mãos de uma agência de viajem, outros optam por viajar em um mochilão (que o vento me leve style) e outros preferem viajar de forma organizada e sistemática: hotel (OK!), mochila (OK!), transporte (OK!), alimentação (OK!) e blá! Blá! !Blá.

Existe apenas uma exigência em comum entre todos os grupos de viajantes: a estadia. Bom, isso é um pouco óbvio já que muitos vão preferir passar um tempo em alguma instalação ao invés de passar as férias em uma barraca de camping, certo?

As opções de estadia são variadas: hotéis, casa de amigos, albergues e etc. Mas a minha dica “Like a Boss” para aqueles que vão aproveitar o período “de perna para o ar” em uma outra cidade, país ou Estado é: o Airbnb.

Criado pelo trio Nathan Blecharczyk, Brian Chesky e Joe Gebbia, o Airbnb é hoje um dos maiores mercados comunitários de estadias que se tem notícia. Com mais de 34.000 cidades, 190 países e 800.000 acomodações ao redor do mundo, a empresa foi fundada em 2008 em São Francisco, Califórnia. O serviço de reserva de estadia pode ser acessado pela página oficial ou pelos apps disponíveis pela Apple Store, ou pelo Google Play.

airbnb-new-logo-belo-feeldesain6

O mais interessante no serviço que é proposto é que as moradias vão de apartamentos à castelos, que podem ser reservados por dias, semanas ou até meses. O preço que você normalmente pagaria por uma reserva de hotel, você pode passar um tempo em uma casa mais aconchegante, próximo dos locais de agrado ou do evento que irá frequentar.

Aluguéis de temporada  casas  apartamentos e quartos individuais para aluguel   Airbnb

Esta é a página principal do Airbnb. Por aqui você pode acessar as principais informações do site.

O sistema é bem simples: você escolhe o local que deseja ir, o número de pessoas e qual o período que irá permanecer naquele aposento. As cidades são diversas: Rio de Janeiro, São Paulo, Nova Iorque, Londres, Singapura e etc. Os preços seguem a mesma variedade: de R$27,00 à R$ 25.000,00 (sim, em Reais. A conversão de moeda é feita no ato da reserva e com os encargos fiscais já embutidos).

Aluguéis de Férias e Aluguéis de Curta Duração em Nova York   Airbnb

Neste caso eu estou pesquisando uma residência em Nova Iorque: a esquerda você pode ver um mapa interativo mostrando aonde tem aposentos disponíveis para reserva. A direita, dados como qual tipo de aposento você se interessa, o preço que cabe no seu bolso e fotos dos ambientes.

Antes de fechar o “negócio” você tem a opção de entrar em contato com o anfitrião por e-mail. Dados, como o telefone de contato, são disponibilizados tanto na página do aposento, quanto no perfil do anfitrião, garantindo segurança para ambas as partes e permitindo uma interação prévia do viajante com o  residente.

Por falar em “ambas as partes”, você pode disponibilizar o seu aposento para reserva, ou reservar, justificando, assim, o conceito do Airbnb: um mercado comunitário de moradias.

Aluguéis de temporada  casas  apartamentos e quartos individuais para aluguel   Airbnb

A única desvantagem do Airbnb é não ter a possibilidade de “alugar” residências em locais como: Degobah, Nárnia, Gondor e Gotham City. O restante, sinceramente, é como jogar uma roleta russa: você pode visitar locais incríveis, passar um tempo em um aposento super aconchegante, porém há uma chance do seu anfitrião ser (tomara que não) uma pessoa tão desagradável quanto uma conexão de internet que cai durante um jogo online em equipe.

Se você gostou desta dica “Like a Boss” e pretende fazer uma reserva, aproveite, quando voltar de viajem, para contar a sua experiência na página de estórias do Airbnb: https://www.airbnb.com.br/stories. Ou se achar mais cômodo, conte-nos um pouco das suas experiências nos comentários abaixo. And may the force be with you, or not you can choose.

———————————————–

avatar_lucas_portilhoLucas Portilho
correio.portilho@gmail.com

Alguns o chamam de nerd, CDF ou geek, mas na verdade é tudo isso e mais um pouco! Tem mania de pesquisar tudo sobre tecnologia. Gosta de jogos eletrônicos e seu esporte favorito é o… Hockey Sobre a Grama (heim?). Pessoas sedentárias têm sua simpatia (afinal é uma delas). Quote: “May the force be with you, or not, you can choose!”

Streaming online: você está fazendo isto certo!

O que é um nerd para vocês? Ou um geek? Ou qualquer outro “ser” do gênero?  Aposto que devem ter imaginado um cara relativamente “cheinho” que gosta de fast food, jogar videogame, barbudo (ou não) e extremamente preguiçoso. Se você tem o costume de assistir filmes Hollywoodianos, provavelmente seu preconceito vem daí, e sua concepção de nerd/geek está certa errada. A verdade é que existem nerds/geeks que gostam de coisas “um pouco diferentes”.

Como assim?

Já imaginaram um nerd jogando bola? Praticando algum exercício físico? Ou simplesmente cuidando do corpo em uma academia, ou até frequentando um nutricionista? É… eu também não consigo imaginar isto para te ser sincero.

Se quiserem saber, eu me considero geek. Gosto muito de tecnologia, acho programação divertido e gosto de passar finais de semana na cama assistindo tutoriais e vídeos aleatórios no YouTube. Por falar em vídeo online, o tema deste artigo provavelmente vai agradar “todos os seres da natureza”: eventos transmitidos ao vivo pelo YouTube.

Há cerca de um ano tive a oportunidade (sem querer) de assistir uma partida de Hockey Sobre a Grama pelo YouTube. Foi algo bem “sem querer, querendo”! Estava pesquisando sobre Hockey no Google, e por acaso achei a página oficial da Federação Internacional de Hockey, mas… pera aí! Não era o hockey que muitos de nós conhecemos, era um pouco diferente… Não era praticado no gelo, não tinha o clássico disco preto e os jogadores não vestiam armaduras. É praticado na grama, por homens e mulheres, e no lugar do disco há uma bola (as vezes amarela, as vezes branca), além de ser um jogo extremamente sincronizado.

Tá, mas e daí? O que isto tem a ver com nerds/geeks? Você, fã de futebol, provavelmente assiste as partidas do Campeonato Brasileiro pelo website do Esporte Interativo (estou fugindo do convencional O.K? O bom mesmo é assistir no bar, na frente da televisão e com os amigos. Isto para pessoas “normais”). Por acaso, assim, por acaso MESMO, já assistiram a alguma partida de Hockey Sobre a Grama no canal aberto? Ou até mesmo no canal fechado?

“Eu já!” (fala a verdade: foi durante as olimpíadas certo? O.K, vou te dar um desconto, mas durante um evento internacional que reúne diversos esportes… hmm… sinto muito, não conta).

Onde eu fui encontrar transmissões ao vivo de um esporte que “eu conheço tão pouco e já considero pacas?”. No YouTube, é claro.

Transmissões ao vivo, entrevista após os jogos, narração simultânea e a compilação dos melhores momentos, tudo disponível para o acesso durante as partidas e depois. Quer algo melhor do que isso?

De um ano para cá a coisa ficou mais séria a partir do momento que eu comecei a acompanhar os campeonatos diariamente com direito a análise das partidas. Quer algo mais nerd do que isso? Tá vendo? Neste ponto do texto você deve está pensando… “Ah! Se for considerar isto eu também sou um nerd de futebol!” Bingo.

Acho que essa coisa de nerd é algo relativo quando consideramos um esporte legal. Bem, já estou fugindo do tema deste post. Eu quero chegar no seguinte: o que eu faço para acompanhar eventos ao vivo, sendo que a grande maioria deles acontecem em outros países, com fuso horários diferentes e tudo mais? (42*).

Confiram algumas imagens a baixo para entenderem como funciona esta nerdice:

International Hockey FederationPrimeiro, eu estou sempre antenado com a agenda dos campeonatos da FIH (Federação Internacional de Hockey). Segundo, eu verifico periodicamente as tabelas dos jogos para saber quando será e se haverá transmissão pelo YouTube.

Na imagem acima os jogos ainda iriam acontecer no dia, sendo “Upcoming” os que ainda vão acontecer, “Warmup” os em preparação e “LIVE”, ao vivo.

Current local time in Bhubaneshwar  Orissa  India

Assim que é definido onde e quando serão as partidas do dia, eu visito a página da timeanddate.com para verificar qual será a diferença entre o horário aqui do Brasil e do país em que ocorrerá a partida. No caso abaixo, as partidas ocorreram na Índia.

Argentina vs India   Men s Hockey Champions Trophy 2014 India Group B  7 12 2014    YouTube

Tudo já preparado, Coca-Cola comprada, deitado na cama, porcarias (Doritos e coisas afins) abertas e pronto! Trinta minutos antes da partida, a transmissão do jogo entra em Standby. Este é o momento da “confraternização”: outros perfis do YouTube começam a “pipocar” na janela de chat do canal postando coisas em Caps Lock, torcendo para o seu time, dando palpites e tudo mais. É uma alegria!

Australia vs Argentina   Women s Hockey Champions Trophy 2014 Argentina Final  7 12 2014    YouTube

Acima você pode ver a alegria dos perfis (Inclusive eu torcendo para Las Leonas – Argentina)

Germany vs Netherlands   Men s Hockey Champions Trophy 2014 India Group B  7 12 2014    YouTube

E começa a partida! Todo o conteúdo que é gravado ao vivo depois é “upado” no canal do You Tube. Se caso eu perco alguma transmissão, tenho a possibilidade de assistir, com calma, em um outro horário. Neste momento é só felicidade, minha nerdice vai de 0 a 100 em poucos minutos: é gritaria, é teclados fazendo barulho o tempo inteiro, stress e felicidade.

Dei o exemplo da transmissão do Hockey Sobre a Grama, mas existem outros exemplos como shows, eventos, etc.

Seja nerd, pesquise, divulgue e esteja atento sobre tudo que lhe interessa. E, é claro: “May the force be with you! Or not, you can choose”.

*42

 ———————————————-

avatar_lucas_portilhoLucas Portilho
correio.portilho@gmail.com

Alguns o chamam de nerd, CDF ou geek, mas na verdade é tudo isso e mais um pouco! Tem mania de pesquisar tudo sobre tecnologia. Gosta de jogos eletrônicos e seu esporte favorito é o… Hockey Sobre a Grama (heim?). Pessoas sedentárias têm sua simpatia (afinal é uma delas). Quote: “May the force be with you, or not, you can choose!”